O Potencial Brasileiro

Estamos perto da Copa e é muito difícil prever o que acontecerá nestes próximos dias. Uma coisa é certa: o brasileiro não é mais a massa acomodada de anos atrás. Aliada a esta nova face brasileira (e mundial) está a tecnologia, principalmente a internet e as redes sociais. O poder transformador destas tecnologias ficou muito claro nos protestos do ano passado e os dirigentes do país não podem mais fechar os olhos para esta nova realidade. Em outubro teremos as primeiras eleições após as ondas de protestos e após a Copa, alvo de muitas críticas. Tomara que estas eleições representem uma melhora de qualidade de nossa classe política. Querer uma melhora radical é utopia mas se melhorarmos um pouco, este pouco já representará um avanço.

Uma coisa boa é perceber que o Brasil é realmente um pais diferente. Um dirigente da Fifa já declarou que foi um “inferno” trabalhar com o Brasil. O lado da desorganização é péssimo mesmo mas tem o lado bom. A Copa tem um pouco mais cara de Brasil e um pouco menos cara de Fifa. O evento, quer queiramos ou não, está sendo fiel à nossa realidade. E isto vai ficar escancarado para o mundo. O Brasil é pouco adepto a protocolos, rotinas, diretrizes. Pode ser a oportunidade de começarmos a mostrar ao mundo que temos o nosso jeito de fazer as coisas.

A Copa vai sair. Será um grande evento. Mas não será a vitrine de momentos perfeitos preconizada pela Fifa. E isto é bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>