Eletricidade e Eletrônica

Veja também:

Pequenos Negócios - Como Ganhar Dinheiro na Internet


O que é Eletricidade?

A eletricidade é o fenômeno físico associado ao deslocamento de cargas elétricas. Este deslocamento pode se dar tanto em meios condutores (fio de cobre por exemplo) ou em outros meios não condutores, como o ar. Numa tempestade, quando visualizamos um raio, o que estamos vendo é causado pela circulação de cargas elétricas pela atmosfera. A movimentação destas cargas é tão intensa que provoca o aquecimento do ar por onde passa, causando o efeito visual do raio.

Em aplicações práticas nós queremos organizar o deslocamento das cargas elétricas, definindo exatamente o caminho por onde elas passarão. Para isto utilizamos os fios condutores. Dentro deles temos o fluxo das cargas formando o que chamamos de corrente elétrica. Então, corrente elétrica nada mais é do que o deslocamento de cargas elétricas. A corrente elétrica é a base dos circuitos elétricos e eletrônicos.

Qual a diferença entre circuitos elétricos e circuitos eletrônicos?

Nos circuitos elétricos nós utilizamos a corrente elétrica em seu "estado natural", sem provocar grandes alterações em suas características. Um exemplo é o circuito que permite acender uma lâmpada em casa. Neste circuito temos um interruptor que simplesmente deixa a corrente elétrica circular ou não, acendendo ou apagando a luz. Costuma-se dizer que um circuito elétrico utiliza apenas componentes passivos que não atuam sobre a intensidade da corrente elétrica. Outros exemplos de circuitos elétricos é a conexão de um motor elétrico, o aquecimento de uma resistência de chuveiro etc. Nestes circuitos nós simplesmente permitimos a corrente elétrica circular ou não, mas não fazemos grandes alterações nas características dela.

Já nos circuitos eletrônicos nós atuamos sobre a corrente elétrica de forma a obtermos um resultado esperado. Todo circuito eletrônico é um circuito elétrico. Nos circuitos eletrônicos nós utilizamos elementos ativos que tem a capacidade de alterar a intensidade da corrente elétrica segundo um comando externo. O exemplo mais comum de componente eletrônico ativo é o transistor.

Nós dizemos que o transistor é um elemento ativo porque ele permite controlar a corrente que circula pelo coletor (Ic) e emissor (Ie) através de uma corrente de controle injetada na base (Ib). Com o transistor nós podemos alterar a intensidade da corrente elétrica de forma precisa e obter os mais variados resultados. Citar exemplos de circuitos eletrônicos é fácil, afinal vivemos na chamada era eletrônica. Rádio, celular, televisão são alguns exemplos de aparelhos eletrônicos que utilizam circuitos eletrônicos.

Circuitos eletrônicos são compostos por componentes de conexão (fios, placas de circuito impresso etc), componentes passivos (resistores, capacitores e indutores) e componentes ativos (transistores, circuitos integrados, diodos, válvulas eletrônicas etc)





Veja também: