A Lei de Ohm

Veja também:

Pequenos Negócios - Como Ganhar Dinheiro na Internet


A Lei de Ohm é uma das mais usadas em cálculos de circuitos elétricos e eletrônicos. Esta lei define a relação entre a voltagem e a amperagem em um circuito elétrico. Esta lei foi descoberta pelo físico e matemático alemão Georg Simon Ohm. Em homenagem a ele, a unidade de Resistência Elétrica é Ohm e o símbolo é

Considere o esquema eletrônico acima. A Lei de Ohm é muito simple e é dada por:

  • I = V / R
    A corrente I que circula por um resistor pode ser calculada dividindo-se o valor de tensão aplicado aos extremos do resistor pelo valor da resistência do resistor.
  • V = I x R
    A tensão aplicada aos extremos do resistor pode ser calculada multiplicando-se a corrente que circula pelo resistor pelo valor de sua resistência.
  • R = V / I
    O valor da resistência de um resistor pode ser calculado dividindo-se o valor de tensão aplicado aos extremos do resistor pelo valor da corrente que circula pelo resistor.

Em nosso sistema métrico a voltagem é expressa em Volts, a Resistência em Ohms e a corrente em Ampéres

Vejamos alguns exemplos:

Observe o esquema da figura 2:

Fig 2


1) No circuito da figura 2, calcule o valor da corrente I, sabendo que a tensão da fonte F1 é de 12V e que o valor da resistência de R1 é 10 Ohms.

Resposta:

I = V / R     então: I = 12V / 10 Ohms     logo: I = 1,2A



2) No circuito da figura 2, calcule o valor da tensão V, sabendo que a intensidade da corrente I é de 1,2A e a resistência de R1 é 10 ohms.

Resposta:

V = I x R     então: V = 1,2A x 10 Ohms     logo: V = 12V

O valor da resposta acima é o esperado pois já sabíamos do exemplo 1 que para circular 1,2A pelo resistor de 10 ohms a tensão V era de 12V.


3) No circuito da figura 2, calcule o valor da Resistência do Resistor R1, sabendo que ao aplicar 12V em seus extremos, circula uma corrente de 1,2A.

Resposta:

R = V / I     então: R = 12V / 1,2A     logo: R = 10 ohms

Novamente o resultado é o esperado em função dos valores calculados nos exemplos 1 e 2.


Mais um exemplo:

Observe o circuito eletrônico da figura 3:

Fig 3


3) No circuito da figura 3, calcule o valor do resistor R1, sabendo que por ele circula uma corrente de 1A. Sabemos ainda que o valor de R2 é de 20 ohms e que a intensidade da corrente I2 é de 4A.

Resposta:

Primeiro vamos calcular o valor da tensão V da fonte F1:

V = I2 x R2     então: V = 4A x 20 ohms     logo: V = 80V


Sabendo o valor de V, podemos facilmente calcular o valor de R1. O valor da corrente I1, que circula por R1, foi dado e vale 1A:

R1 = V / I1     então: R1 = 80V / 1A     logo: R1 = 80 ohms



As 3 fórmulas acima são as mais básicas da eletrônica e também são as mais usadas no cálculo de circuitos eletrônicos.





>

Veja também: